Hospital de Campo Maior aumenta em 40% número de cirurgias nos quatro primeiros meses deste ano

A unidade de saúde realizou 1.345 cirurgias nesse período.

 

O investimento contínuo em melhorias fez com que o Hospital Regional de Campo Maior (HRCM), gerenciado pela Santa Casa de Chavantes, atingisse uma importante marca para a região neste início de ano. A unidade de saúde realizou 1.345 cirurgias nos quatro primeiros meses de 2024, número 40% maior do que o registrado no mesmo período de 2023, quando foram feitos 960 procedimentos.

O hospital também registrou um grande crescimento quando há um recorte de apenas cirurgias eletivas, passando de 395 nos quatro primeiros meses de 2023 para 710 no mesmo período deste ano, aumento de 79%.

Presidente da Santa Casa de Chavantes, Anis Ghattás Mitri Filho, afirma que o aumento significativo é um reflexo direto do investimento no Hospital de Campo Maior. “Investir em infraestrutura hospitalar e em equipes médicas capacitadas é fundamental para garantir que a população tenha acesso a procedimentos cirúrgicos essenciais cada vez mais perto de casa”, disse o gestor.

Ações

São diversos os fatores que colaboraram para o crescimento no número de cirurgias no Hospital de Campo Maior. Neste ano, a unidade de saúde fez pela primeira vez duas cirurgias de alta complexidade: o primeiro procedimento com haste intramedular de fêmur padrão ouro e o outro uma derivação biliodigestiva.

Desde setembro de 2023, por exemplo, a unidade de saúde realiza cirurgias ortopédicas de alta complexidade – fêmur e úmero. Um ambulatório de ortopedia foi inaugurado no espaço.

Em agosto do mesmo ano, o hospital passou a oferecer uma nova especialidade médica para a população da região dos Carnaubais, com o atendimento em proctologia e, desde então, a população não precisa mais ir até Teresina para ter acesso à especialidade.

O Hospital de Campo Maior oferece atendimento de emergência 24 horas, leitos especializados em clínica médica, cirurgias, ortopedia, maternidade e Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

“Essa conquista demonstra o impacto positivo que os investimentos em saúde podem ter na vida das pessoas. Saúde é fundamental e melhores condições de vida e bem-estar para todos”, disse o superintendente de Média e Alta Complexidade da Sesapi, Dirceu Campêlo

 

Ascom Sesapi

Mais de SAÚDE