Breaking News
recent

Internos do CEM iniciam rebelião e fazem educador refém no Piauí


No início da tarde desta quinta-feira (27) internos que cumprem medidas socioeducativas no Centro Educacional Masculino (CEM) fizeram um educador refém durante um motim. Até o momento equipes do Bope, BPRone e 1° BPM estão no local.

A NOTICIA CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Conforme informações apuradas pelo GP1, alguns internos maiores de idade atearam fogo nos colchões. Uma equipe do Corpo de Bombeiros foi acionada e está no local para combater o incêndio.

Uma das demandas dos internos foi a presença de um representante da Comissão de Direitos Humanos da OAB-PI e de uma juíza. O advogado Adonis Araújo, que faz parte da comissão, confirmou a informação ao GP1.

“Foi uma solicitação dos internos. Foi o que recebemos agora, que eles estão com refém e precisam da presença da juíza e da Comissão de Direitos Humanos para liberar o refém. A juíza já está a caminho”, afirmou.

Demandas

Ainda conforme o advogado Adonis Araújo, os internos iniciaram a rebelião denunciando questões como maus tratos nas dependências do CEM. As demandas foram repassadas e serão apuradas.

“Estamos esperando outros membros da Comissão de Direitos Humanos para concluir a negociação com eles. Eles estão reclamando sobre algumas situações que nós vamos anotar. Eles relataram questões de maus tratos, mas são coisas que serão apuradas ainda”, destacou.

Fonte: portal gp1


PUBLICIDADE

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.