Breaking News
recent

Homem mata amigo por causa de cachorra em Sigefredo Pacheco

Um homem de 31 anos, investigado pelo assassinato de Antônio Dênis de Oliveira no dia 3 de junho, no Povoado Olhos D’água, na Zona Rural de Sigefredo Pacheco, se apresentou à Polícia Civil e, de acordo com os policiais, disse que cometeu o homicídio por vingança. Segundo a polícia, o homem investigado matou Antônio Dênis depois da vítima ter esfaqueado a sua cachorra.


De acordo com o delegado Péricles Lima, da Delegacia Regional de Campo Maior, o homicídio aconteceu porque a vítima teria saído de uma festa e ido até a casa do investigado para esfaquear a sua cadela de estimação. O homem se entregou à polícia durante a noite de segunda-feira (8).
A NOTICIA CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“Ele disse que estava em uma festa, e o Dênis [a vítima do crime] saiu de lá embriagado e desferiu um golpe de faca em sua cadela de estimação. Quando ele chegou em casa e viu que ela tinha morrido, ele se armou com uma faca e foi até a casa do Dênis. Lá eles discutiram, e a vítima tentou dar uma facada nele e para se defender ele alegou que revidou”, explicou o delegado.

Ainda de acordo com o delegado, o investigado ficou escondido no município de Jatobá do Piauí por cinco dias, pois tinha medo de sofrer represálias dos vizinhos e amigos da vítima.

O investigado prestou depoimento na Delegacia Regional de Campo Maior e, por não estar mais em flagrante, foi ouvido e liberado logo em seguida. O caso continua sendo investigado e ele vai responder pela morte de Dênis.

Fonte: G1 Piauí

PUBLICIDADE

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.