Breaking News
recent

Estudo aponta que o Piauí tem 36 mil infectados por coronavírus

O governo do Piauí apresentou nesta segunda-feira (18) a terceira etapa da pesquisa de monitoramento dos casos de Covid-19 no estado. Segundo o estudo, são mais de 36 mil piauienses infectados (36.120) com a doença provocada pelo novo coronavírus, número duas vezes maior que o visto na última pesquisa.

Na primeira pesquisa, feita no dia 29 de abril, eram 3.783 infectados. Na segunda etapa, no dia 10 de maio, a quantidade de infectados passou para 17.148 piauienses. Na última, apresentada nesta segunda, já subiu para 36.120. Em cinco dias, a quantidade de infectados por Covid-19 dobrou.

A pesquisa testou 3.806 pessoas em 11 cidades do Piauí. Baseada nessa taxa de crescimento, o estudo projetou que o estado terá, em 11 dias, 75.852 infectados com coronavírus. A taxa de Infecção corresponde a 1,10%.
A NOTICIA CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Quando a pesquisa foi realizada, o número de casos confirmados pela Sesapi, secretaria de saúde, eram de 2.085 com 65 mortes. No domingo (17), já eram 80 óbitos e mais de 2.200 confirmações.

15 mil estão transmitindo coronavírus

Os pesquisadores chegaram ao número de pessoas infectadas com coronavírus que têm capacidade de transmitir o vírus para outros, são casos onde a infecção é recente, de até 14 dias. A pesquisa registrou que são 15.480 piauienses com alto índice de transmissão.

Nesta segunda-feira, o governador Wellington Dias (PT) propôs o reforço do Programa Busca Ativa, que rastreia pessoas possivelmente contaminadas pelo novo coronavírus e faz a aplicação de testes para identificar pacientes positivados.

“A ideia é realizar um trabalho direto com pessoas do grupo de risco, que são as com mais de 60 anos e as que possuem comorbidades. Dos 80 óbitos no estado, 90% são desse grupo, o que torna necessário o rastreamento e acompanhamento das condições de saúde, de higiene e de isolamento domiciliar”, pontuou Dias.

Outra vertente a ser trabalhada no Busca Ativa é o isolamento e tratamento precoce de pessoas que podem transmitir o vírus para muitas outras. “O ideal é que possamos descobrir quem são e fazer um trabalho preventivo", completou Dias.

Fonte: G1 Piauí

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.