Breaking News
recent

Policiais amotinados ocupam escola há cinco dias no Ceará


Policiais Militares amotinados invadiram uma escola estadual em Fortaleza, segundo a Secretaria de Educação do Ceará. De acordo com o governo estadual, a invasão aconteceu na segunda-feira, por volta das 18h.
O motim de parte da Polícia Militar do estado já dura 12 dias. Em ofício enviado ao general Fernando José Mattos, que coordena a operação de Garantia da Lei e da Ordem (GLO), a secretaria informou que o cadeado do portão de acesso à escola foi arrombado por homens que se identificaram como policiais – o colégio fica ao lado de um batalhão onde parte da tropa amotinada está concentrada. A informação foi antecipada pelo Jornal O Povo e confirmada pelo GLOBO.
 A NOTICIA CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



No documento, o governo estadual pede ajuda ao Exército para que o local seja desocupado e as aulas possam ser retomadas. Segundo a secretaria, o grupo ocupa um bloco de cinco salas de aula, além de usar a cozinha e banheiros que são utilizados por estudantes.

Tal contexto inviabiliza o funcionamento da referida escola, tendo em vista que os espaços hoje ocupados são essenciais para a retomada regular às aulas na escola. Diante do acima exposto, solicitamos o apoio desse Comando para que as aulas da EEFM José Bezerra de Menezes não sejam prejudicadas”, diz o ofício.

De acordo com a secretaria, ainda não houve resposta ao documento, enviado na sexta-feira. Em nota, a secretaria informou que a escola permanece ocupada por "policiais militares amotinados e seus familiares". A pasta acrescentou que "avalia a situação e trabalha para que não haja mais prejuízos para os 565 alunos matriculados na escola".

Fonte: O globo


Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.