Breaking News
recent

Brasil registra seis mortes por coronavírus em dois dias

Ao menos seis idosos morreram no Brasil em decorrência do novo coronavírus entre segunda e terça-feira (17). Quatro casos foram em São Paulo e dois no Rio de Janeiro — estes foram confirmados na manhã desta quinta-feira (19).
De acordo com a Secretaria Estadual de São Paulo, os quatro idosos que morreram no Estado são homens com idades de 62 a 85 anos. Todos foram atendidos em hospitais privados da Capital, sendo três deles no no Hospital Sancta Maggiore do bairro do Paraíso, na capital paulista — o quarto não teve o local do óbito divulgado pela pasta.

Segundo a operadora de saúde Prevent Senior, responsável pelo Sancta Maggiore, os idosos de 65 e 81 anos estavam internados desde o último domingo no hospítal.

O paciente de 81 anos era morador do município de Jundiaí e os demais de São Paulo. Conforme a Secretaria de Saúde, todos os mortos tinham problemas de saúde, que não foram especificados.

Na tarde de terça-feira (17), enquanto divulgou o primeiro óbito, o governo paulista disse que outras quatro mortes de idosos na mesma rede de hospitais também eram investigadas por suspeita de relação com o coronavírus.
A NOTICIA CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Durante a manhã desta quarta, o Governo do Rio de Janeiro confirmou que uma idosa de 63 anos morreu em decorrência da covid-19, doença causada pelo novo coronavírus. Ela chegou a uma unidade pública de saúde de Miguel Pereira (RJ), onde morava, com sintomas da doença, como febre, tosse forte e problemas respiratórios.

A mulher, diabética e hipertensa, apresentou sintomas no domingo (15). No dia seguinte deu entrada na unidade de saúde, piorou o quadro e morreu na terça-feira. Conforme a Prefeitura do Município, a mulher trabalhava na Capital. A patroa dela teria chegado da Itália e testado positivo para a covid-19.

Pouco após a primeira confirmação, a Secretaria de Saúde do Rio de Janeiro divulgou que mais uma morte foi confirmada em decorrência do novo coronavírus. Trata-se de um idoso de 69 anos que estava internado em um hospital particular de Niterói e morreu na noite de terça. Ele apresentou quadro de choque séptico e pneumonia.

As apurações iniciais revelam que um enteado dele havia chegado de Nova Iorque (EUA) com teste positivo para o novo coronavírus em 11 de março. Segundo o jornal o Globo, o hospital que atendeu o idoso afirmou que ele, "além da idade, possuía comorbidades que o colocaram no grupo de risco".

O primeiro caso

O primeiro paciente morto em razão do novo coronavírus no Brasil foi um aposentado de 62 anos, que morava em São Paulo (SP).

Ele não tinha histórico de viagem e, segundo a Secretaria de Saúde do Estado, contraiu o vírus por meio de transmissão comunitária — quando não se sabe a origem da infecção.

Ele apresentou os primeiros sintomas no dia 10 de março, foi internado na UTI dia 14 de morreu no dia 16.

Fonte: BBC News Brasil

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.