Breaking News
recent

Piauí tem maior percentual de trabalhadores desocupados do Brasil

Segundo dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD), divulgada nesta sexta-feira (14), o Piauí tem a maior taxa de subutilização da força de trabalho do país, com média de 42%. O dado ficou acima da média nacional, de 23%. 
A pesquisa foi realizada durante o quarto semestre de 2019. O cálculo do IBGE para taxa de subutilização do trabalho considera três situações: os desocupados, os subocupados e a força de trabalho potencial. São considerados subocupadas pessoas que trabalham menos de 40 horas semanais e gostariam de trabalhar mais.

A NOTICIA CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE







Já o trabalhador subutilizado é definido como quem não está trabalhando, procurou emprego nos últimos 30 dias anteriores à pesquisa e estava apto a trabalhar. Força de trabalho potencial é formada por pessoas que gostariam, mas não estavam disponíveis no momento da pesquisa, como por exemplo mães que precisam ficar em casa para tomar conta dos filhos.

Trabalho informal

A pesquisa revelou ainda que o Piauí é o segundo estado com menor percentual de trabalhadores empregados com carteira assinada. Segundo o IBGE 52,5% de trabalhadores do Piauí estão nessa situação. O estado ficou a frente apenas do Maranhão, onde 47,6% dos trabalhadores têm carteira assinada. Na outra ponta do ranking aparecem os estados de Santa Catarina (87,7%), Paraná (81,2%) e Rio Grande do Sul (80,7%)

O Piauí ainda ocupa a terceira posição entre estados com maior percentual de trabalhadores informais, como 59,5%. De acordo com o IBGE, são considerados trabalhadores informais os que exercem atividades sem carteira assinada, empregador sem CNPJ, conta própria sem CNPJ e trabalhador familiar auxiliar.


Fonte: G1 Piauí

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.