Breaking News
recent

Caminhoneiro que se envolveu em acidente que matou três pessoas em Campo Maior pede perdão

O caminhoneiro que se envolveu no acidente que matou três pessoas da mesma família na BR-343 está em estado de choque. Ele relata que seguia com a esposa de Teresina para Parnaíba quando o motorista do carro de passeio invadiu a pista contrária, logo após tentar desviar de uma raposa. Com lágrimas nos olhos e alegando não ter culpa do acidente, o motorista pediu perdão aos familiares das vítimas.


"O motorista invadiu e colidiu comigo. Não tive tempo de evitar. Fiz o que pude, segurei a direção do carro para evitar que o caminhão rodasse e pudesse atingir outras pessoas que viessem na pista. Foi tudo muito rápido. Estou muito chocado com a família que perdeu os entes queridos. Sei que é dolorido pra família e também está sendo dolorido para mim. Fico vendo aquela imagem frequentemente como se estivesse acontecendo o exato momento. Peço perdão. Não fui eu o causador do acidente. Fiz tudo o que pude [...] acionei Samu, PRF e Corpo de Bombeiros. Peço perdão à família, não foi porque eu quisesse, não tive como evitar", disse em estado de choque o motorista.
  A NOTICIA CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O caminhoneiro diz que dirigia dentro da velocidade permitida de 80km/h e que estava há poucas horas ao volante. Com o impacto do acidente, ele sofreu pancadas pelo corpo e caminha com dificuldades. A esposa dele também está machucada. Ela foi sacada pelo vidro da cabine do caminhão e caiu em meio ao matagal.

Ele- que tem 15 anos como caminhoneiro- pensa em desistir da profissão pelo trauma e também pela quantidade de assaltos sofridos na estrada.

Laudo da PRF vai constatar causas do acidente

O laudo da Polícia Rodoviária Federal (PRF) que vai constatar as causas do acidente deve sair em cinco dias. Contudo, de acordo com a própria PRF, há indícios que o veículo de passeio tenha invadido a faixa contrária.

Fonte: cidadeverde.com

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.