Breaking News
recent

CETI Pedro Coelho de Resende realiza atividades em alusão a Semana da Consciência Negra

Bastou um projeto pedagógico em mãos e muita força de vontade para o Centro Estadual de Tempo Integral (CETI) Pedro Coelho de Resende, localizado no município de Boa Hora, colocar em prática ações em alusão ao "Dia da Consciência Negra". O projeto intitulado de "Semana Afro - História, Cultura e Estética Negra", proporciona uma releitura da História Afro-Brasileira,  e abre o leque de discussões em torno da diversidade cultural existente na comunidade e no país. As atividades tiveram início nesta quarta-feira (20) e prosseguem até sexta-feira (22).


De acordo com a diretora da unidade, Francisca Resende, o projeto objetiva possibilitar que a diversidade seja respeita e valorizada. "Nossa intenção é superar a cultura do silenciamento no que tange a expressões preconceituosas na sala de aula e fora dela, que muitas vezes terminam sendo vistas como brincadeira. Além disso, busca contribuir para a construção de uma educação que desenvolva o respeito humano no que se refere ao convívio social, a partir das reflexões do cotidiano", explica a diretora.


Francisca acrescentou ainda que é preciso educar e conscientizar. "Visamos criar espaços para as manifestações artísticas com atividades variadas de grande importância na ampliação de hábitos e atitudes fundamentais nos valores étnicos, quanto ao racismo e ao preconceito", ressalta. 

Na programação da Semana Afro ainda está previsto uma série de atividades como música, dança, atividades de influência africana na cultura brasileira, leitura, pesquisa da literatura afro, confecção de murais, dentre outras ações. Participam das atividades cerca de 247 alunos da unidade.


Todo o projeto está sendo realizado pelos estudantes  por meio de pesquisa, observações diretas no entorno familiar, leituras, entrevistas e elaboração e sistematização através trabalho escritos. 



CONSCIÊNCIA NEGRA 

O Dia da Consciência Negra é celebrado no Brasil no dia 20 de novembro, em memória de Zumbi dos Palmares (1695), assassinado na data. Durante a semana são realizadas diversas atividades em todo o país para promover a inserção do negro na sociedade brasileira. A data serve também para lembrar a resistência negra contra a exploração durante o período colonial.

A Lei 10.639/03 determina que o dia 20 de novembro seja incluído no calendário escolar. A lei estabelece ainda como obrigatório o ensino de história e cultura afrobrasileiras nas escolas. Diante disso, os professores devem trabalhar incluir no programa pedagógico temas relacionados à história da África e dos africanos, luta dos negros no Brasil, cultura afrodescendente e o negro na formação da sociedade nacional.

Fonte: SEDUC-PI

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.