Breaking News
recent

Em 1ª entrevista após caso Moro, Lula afirma que ex-juiz é mentiroso

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) cedeu entrevista gravada nessa quarta-feira (12/06) e transmitida nesta quinta-feira (13/06) pela emissora TVT. Lula falou com Juca Kfouri, blogueiro do UOL, e o jornalista José Trajano, na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba, onde ele está preso desde abril do ano passado. As informações são do UOL.
Esta foi a primeira entrevista após publicações de mensagens vazadas de Moro, ex-juiz federal, agora ministro a Justiça, e o procurador da República Deltan Dallagnol, coordenador da força-tarefa da Lava Jato. Lula disse que trouxeram "a verdade à sociedade brasileira", mas que não arriscaria dizer as consequências das revelações.
    Reprodução/TVT
"Estou ficando feliz com o fato de que o país finalmente vai conhecer a verdade", disse, ressaltando que sempre disse que "Moro é mentiroso" e estava "condenado a condená-lo" porque "a mentira tinha ido muito longe".
Disse ainda que o procurador Deltan deveria ter sido preso ao dizer que não tinha provas, mas tinha convicção.
"Ele deveria ter sido preso ali." "Pode pega a turma da força-tarefa, o Moro, enfiar num liquidificador, e quando for tomar o suco, não dá a honestidade do Lula".
O ex-presidente disse que as apurações contra a corrupção devem continuar, e políticos e empresários corruptos têm de ser presos com base em mecanismos e leis que, segundo ele, foram criadas pelo PT. E voltou a dizer que não sujaria a mão por um apartamento que ele poderia comprar, se referindo ao caso do tríplex de Guarujá (SP), que o colocou na prisão em abril do ano passado.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.