Breaking News
recent

Mãe de aluno invade escola com facão e tenta agredir professora no PI

Uma mãe tentou esfaquear uma professora com um facão após identificar que o pagamento do programa federal Bolsa Família do filho foi suspenso. A criança estava sem comparecer as aulas há dias, e a ausência não foi justificada junto a direção escolar. O caso ocorreu em uma escola municipal na zona rural de São João do Arraial nesta quinta-feira (21).
O gestor da unidade escolar, professor Wilson Carvalho, conversou sobre a situação com o Cidadeverde.com. Ele disse que a mãe chegou nervosa na escola, que estava em plena atividade, e acreditava que a suspensão do Bolsa Família ocorreu porque a professora teria colocado falta no aluno.

Wilson Carvalho explicou que para receber o Bolsa Família regras devem ser cumpridas. Dentre elas, a criança precisa frequentar regularmente a escola e estar com a caderneta de vacinação em dias.

“A orientação recebida para quando chegar um pai ou uma mãe estressada é deixar sozinho em uma sala para se tranquilizar. Eu saí da sala para tomar uma água. Quando volto, ela já está com o facão na mão, e eu fui tentar tranquilizar. Mas ela não queria acordo com a gente, dizia que queria falar era com a professora. E eu disse que ela não ia falar com a professora. Disse que só dela ter entrado em um ambiente escolar com uma arma na intenção de agredir a professora já era crime”.

A cada dois meses, a direção escolar envia a frequência para a Secretaria Municipal de Educação os relatórios, que abastece o sistema do Bolsa Família.  Ele chegou a dizer à mãe que não encaminhou o relatório de fevereiro e março, que outro problema deve ter ocorrido com o pagamento, e que a direção era responsável pelo envio, não a professora.

“A professora não pode colocar presença em um aluno que falta. Não podemos enviar a frenquencia escolar com presença, se o aluno não vem. É fraude”, ressaltou o diretor.

“Ela não quis o diálogo. Não conseguimos detectar o porquê da ausência do aluno. Não queremos prejudicar a família, pelo contrário; é o processo de aprendizagem do aluno que requer atenção, e ele acontece de maneira integrada entre escola, comunidade e a família”.
Foto: Rafael Zart/Ministério da Cidadania
O diretor lembra que o momento foi delicado. Ele conseguiu convencer a mãe a sair da escola sem ferir ninguém. A Polícia Militar foi acionada para reforçar a segurança e tranquilizar o ambiente. 
A escola atende o ensino infantil, havia crianças na unidade e iria ocorrer, inclusive, o aniversário de uma delas com presença da família. 
Acompanhamento
A Secretária de Educação e a Secretaria de Assistência Social do Município já foram comunicados sobre o caso. 
Uma visita a casa do aluno será realizada na próxima semana para identificar o motivo da falta do aluno e saber como poderão ajudar o ambiente familiar.  
Carlienne Carpaso/cidadeverde.com

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.