Breaking News
recent

Jair Bolsonaro é empossado o 38º presidente do Brasil


Nesta terça-feira (1º), presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL), assinou termo de posse no Congresso Nacional e tornou-se oficialmente, presidente da República para o mandato de 2019 a 2022.
A solenidade de posse foi aberta pelo presidente do Senado, Eunício de Oliveira, o vice-presidente eleito Hamilton Mourão também foi empossado durante o evento.
A mesa foi composta pelo presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (MDB), o ministro Dias Toffoli e a procuradora Geral da República, Raquel Dodge.
Depois da abertura todos os presentes  ouviram o hino nacional e Bolsonaro leu o juramento se comprometendo a respeitar a Constituição brasileira. Jair Bolsonaro e Mourão foram declarados pelo senador Euinício como presidente e vice-presidente, respectivamente.
  • Foto: TV BrasilJair Bolsanaro tomou posso por volta das 15h30 desta terça-feira (1)Jair Bolsanaro tomou posso por volta das 15h30 desta terça-feira (1)
Biografia do presidente
Jair Bolsonaro foi eleito em outubro de 2018 presidente da República com 57.797.847 dos votos, 55,13% do eleitorado brasileiro, pela Coligação Brasil Acima de Tudo, Deus Acima de Todos (PSL/PRTB). Sua carreira política começou em 1988, quando concorreu à Câmara Municipal do Rio de Janeiro e conseguiu uma vaga no Legislativo da cidade. Em 1990, dois anos depois de eleito, conquistou o primeiro dos sete mandatos consecutivos no cargo de deputado federal pelo Rio de Janeiro.
Em 2014, foi o mais votado no Rio de Janeiro na disputa pela Câmara Federal, com 464.565 votos - conforme dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Em seus mandatos parlamentares, destacou-se especialmente pela defesa dos direitos dos militares ativos, inativos e pensionistas.
Em sua carreira política, defendeu a redução da maioridade penal, o direito à legítima defesa e a posse de arma de fogo para cidadãos sem antecedentes criminais. Também atuou em favor de medidas para garantir a segurança jurídica das ações policiais. É o idealizador de uma proposta para tornar obrigatório o voto impresso no Brasil, medida que ele acredita que contribuirá para a realização de eleições mais confiáveis e passíveis de auditagem. Além disso, destacou-se na defesa dos valores cristãos e da família.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.