Breaking News
recent

Tentativa de assalto a banco no Ceará deixa 13 mortos; 6 eram reféns 5 da mesma família

Corpos sendo recolhidos após o confronto com a polícia no CearáCorpos sendo recolhidos após o confronto com a polícia no CearáFoto: Edson Freitas
Uma intensa troca de tiros entre assaltantes de banco e a polícia deixou 13 pessoas mortas na madrugada desta sexta-feira (17) na cidade de Milagres, na Região do Cariri do Ceará. A quadrilha fortemente armada tentou assaltar duas agências bancárias e fez reféns.
De acordo o prefeito de Milagres, Lielson Landim, entre os mortos estão duas crianças, entre 10 e 13 anos, que eram feitas reféns pelo grupo criminoso. No total, seis reféns morreram no confronto, sendo cinco da mesma família, conforme a polícia. A polícia ainda não conseguiu identificar todos os mortos no confronto.
O prefeito de Milagres disse que a família ia para Serra Talhada, em Pernambuco, quando passou por um trecho interditado na rodovia BR-116, na altura da ponte sobre o riacho Tamanduá, e foi sequestrada. O sexto refém morto seria de Brejo Santo e também foi parado na rodovia.
Segundo o prefeito, os reféns foram executados pela quadrilha ao serem abordados pela polícia. A quadrilha utilizou um caminhão para bloquear a via e parar o veículo das vítimas. Da família assassinada, duas pessoas eram uma criança e um adolescente de 14 anos.
A tentativa de roubo aconteceu por volta de 2h17 da madrugada. Houve confronto entre os policiais e os criminosos. Diversos carros da PM foram usados para conter a quadrilha. Devido à ação da Polícia Militar, o grupo criminoso não conseguiu levar o dinheiro de nenhum dos estabelecimentos bancários. Os dois bancos ficam na Rua Presidente Vargas, no Centro do município, que tem 28 mil habitantes.
Agentes da Perícia Forense [antigo IML] do Ceará informaram que dois veículos foram acionados para recolher os corpos e, em seguida, realizar a identificação das pessoas. A Polícia Militar acrescentou que equipes realizam investigações na região, com objetivo de identificar e prender o restante do grupo, que conseguiu fugir.
Durante essas buscas, um homem com um colete balístico foi encontrado morto dentro de uma caminhonete. Ele ainda não foi identificado, mas a polícia suspeita que ele seja um dos assaltantes que tentou fugir. Duas caminhonetes abandonadas foram encontradas pela polícia após o tiroteio.

Fonte: G1

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.