Breaking News
recent

Estudante de medicina é assassinado a tiros durante assalto em Teresina

O estudante de Medicina, Antônio Rayron Soares de Holanda, de 22 anos, foi morto neste domingo (25) ao reagir a um assalto na Avenida Miguel Rosa, zona Sul de Teresina.  O fato ocorreu por volta das 6h40. 
De acordo com o delegado Hildson Rodrigues, da Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP), o assaltante estava sozinho e a pé.
Estudante de medicina é assassinado durante assalto em Teresina
Foto: Divulgação









O suspeito é um adolescente de 15 anos, identificado como L.G.A, que foi apreendido próximo ao local do crime por uma equipe da Força Tática da Polícia Militar, por volta das 11 horas. Ele também é suspeito de um homicídio no Parque Vitória. 
O estudante estava com outros passageiros em uma estação de ônibus, localizada próximo ao cruzamento das avenidas Miguel Rosa e Walter Alencar, quando foi abordado pelo assaltante, que já tinha subtraído pertences de outras pessoas.  
“Esse suspeito assaltou outras pessoas e, quando chegou ao estudante, ele reagiu. O assaltante desistiu de levar o celular da vítima e deixou no local. Foi um único tiro no peito. A família da vítima já foi comunicada”, comentou o delegado.
Antônio Rayron aguardava o ônibus para ir ao estágio. Ele era estudante de Medicina da Universidade Federal do Piauí (UFPI). O estudante estava com uma mochila nas costas. 
A UFPI lamentou a morte do jovem. Veja a nota: 
A Administração Superior da Universidade Federal do Piauí, o Centro de Ciências da Saúde e toda a comunidade universitária lamentam, de forma indignada, a morte precoce, por assalto, do estudante do curso de medicina Antônio Rayron Soares de Holanda ocorrido na madrugada deste 25 de novembro.

A UFPI, ao tempo em que manifesta consternação com o assassinato do estudante, espera rigor na investigação do caso e uma breve elucidação, com responsabilização pela autoria do crime.

Manifesta, ainda, solidariedade com toda a família e amigos.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.