Breaking News
recent

Prefeitura de Cabeceiras copia e cola projeto de outra cidade e câmara rejeita

Um projeto sobre o “Plano Municipal de Gerenciamento Integrado de Resíduos Sólidos” do município de Cabeceiras do Piauí está dando o que falar na cidade. O prefeito José Joaquim de Sousa Carvalho (PP) enviado à Câmara Municipal, para apreciação e votação, um projeto da prefeitura da cidade de vizinha de Campo Maior.
Nem mesmo a capa do projeto foi mudada. O projeto foi encaminhado para a Comissão de Obras e Serviços Públicos no dia 11 de junho de 2018 para receber Parecer e teve como relatora a vereadora Elenita Alexandre (DEM), que detectou inúmeras irregularidades no Plano de Gerenciamento Integrado de Resíduos Sólidos - PMGIRS.
“Este Plano é uma cópia integral do Plano Municipal da cidade de Campo Maior. As informações quantitativas e a capa do Projeto já denunciam a incompetência da Gestão Municipal”. Relata a relatora.
Dentre os erros encontrados a vereadora cita alguns:
  • Responsável pelo Plano – Secretaria da Limpeza, não existe no município e nem perspectiva de se criar;
  • Existência de Cooperativa de Catadores de Lixo;
  • existência de uma campanha troque uma garrafa PET por uma muda de planta produzida na reserva florestal da Secretaria de Meio Ambiente, não existe a Campanha e muito menos a reserva;
  •  existência de 16 praças Np centro de Cabeceiras do Piauí, com instalação de 64 coletoras de lixo, sendo que em Cabeceiras existe apenas uma Praça no centro da cidade;
  • existência de 03 postos de coletas de Baterias em Cabeceiras do Piauí. Locais: Armazém Paraíba, Lojas Claro e Secretaria de Meio Ambiente. Não existe Armazém Paraíba, Lojas Claro e na Secretaria de Desenvolvimento Rural e Meio Ambiente, não existe tal posto de coleta;
  • Postos de recolhimento de embalagens agrotóxicas em Cabeceiras (DUCAMPO, CAMPO AGROPECUÁRIO, CORRE CAMPO RAÇÕES, CABECEIRAS DO PIAUI RAÇÕES e PRODUTIVA) desconhece-se esses estabelecimentos no município e tão pouco os que existem são postos de coletas.
O prefeito Zé Joaquim, foi procurado para comentar o caso mas as ligações não foram completadas
Fonte: Portal Em Foco

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.