Breaking News
recent

Crianças atravessam rio em bóia improvisada para ir à escola na região de Campo Maior





Um vídeo mostra o risco em que crianças da Comunidade “Passagem da Nega” são submetidas diariamente para irem à escola em Campo Maior. Em boias improvisadas, a travessia é feita sobre um dos afluentes do Rio Longá  que todos os anos isola centenas de moradores.
As imagens foram gravadas na manhã desta segunda-feira (26) pelo professor Jeferson David, morador da Comunidade,  que flagrou quatro crianças com idades entre 5 e 9 anos em cima de uma câmara de ar atravessando, com ajuda de adultos, a correnteza das águas  – “É inadmissível em pleno século XXI, vê crianças atravessando o rio em cima de uma boia para assistir aula. Isso aqui é todo inverno; há vários anos é feita as cobranças para autoridades que nunca resolveram este problema”, desabafou o professor que cobra a construção de uma ponte no local.
Recentemente, na mesma região, precisou o noticiário nacional repercutir o resgate de um idoso por moradores em uma marca improvisada para que um ponte fosse construída sobre um riacho que isolava a Comunidade Fazendinha com a sede urbana de Campo Maior. – ” Precisa alguém morrer ou passamos por uma situação que possa ser destaque nacional para que este problema antigo seja resolvido?”, questionou um morador.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.