Breaking News
recent

Penitenciária de Campo Maior recebe detentos durante a madrugada.

Eles foram retirados da Central de Flagrantes, em Teresina, devido à superlotação.

A Penitenciária de Campo Maior começou a funcionar na madrugada desta quinta-feira (14/09). O local recebeu 15 presos em regime de urgência. Eles foram retirados da Central de Flagrantes, em Teresina, devido à superlotação. Em greve, os agentes penitenciários se recusaram a receber os detentos no sistema prisional do Estado. 
A Penitenciária Regional Nelson Mandela, em Campo Maior, foi uma alternativa encontrada pela Secretaria de Justiça (SEJUS) para receber novos presos. 
“Continuaremos trabalhando de forma integrada com a Secretaria de Segurança Pública e o Comando Geral da Polícia Militar, para cumprir as ordens judiciais e o recebimento e custódia de detentos. Se tiver que prender, a Polícia vai prender e vamos receber os detentos”, diz o Secretário de Justiça Daniel Oliveira. 
Direção 
O capitão da Polícia Militar Thanack Hitler da Silva Costa assumiu a gerência da penitenciária na madrugada para receber detentos durante a greve dos agentes penitenciários. “Por determinação do secretário de Justiça, assumimos a direção desta unidade”, afirma. 
Inauguração 
A inauguração do novo presídio estava agendada para acontece no próximo mês de outubro. A Sejus antecipou a data e deve realizar solenidade de inauguração nos próximos dias.
Fonte: Em Foco

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.