Breaking News
recent

"Está ficando cada vez mais claro que a presidenta não cometeu crime..." Diz Wellington Dias


Na expectativa para os próximos capítulos da votação final do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff, o governador do Piauí Wellington Dias acredita que haverá votos suficientes para reverter a votação no Senado.

“Vamos aguardar o calendário que vai sair nos próximos dias. Eu continuo com a mesma tese. Acho que foi ficando cada vez mais claro que a presidenta não cometeu crime, muito menos crime de responsabilidade. Por isso eu confio que no Senado haverá votos para respeitar a Constituição”
O governador manifestou apoio ao projeto de convocar eleições gerais. Ele exaltou a postura de Dilma, que propôs novas eleições ainda este ano, caso retorne à presidência.
“É um gesto de grandeza, um gesto muito forte da presidenta Dilma, que mesmo tendo sido eleita para um mandato até 2018, ela apresenta a alternativa de realizar uma consulta popular, onde eu acredito que a população brasileira é favorável a uma eleição. Se de um lado eu defendo que nós não tenhamos um golpe parlamentar, já que não há crime de responsabilidade, reconheço que há um impasse político e é preciso uma alternativa. Comemoro que seja uma iniciativa da própria presidenta de trabalhar essa hipótese da eleição como saída”, considera Wellington Dias.


Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.